FITOPATOLOGIA

Sociedades Científicas Início

Página inicial do L.O.D.F. - Link

 

Retornar

 

Caixa Postal 74585, UFRRJ, BR 465, km 7, Seropédica, RJ, CEP: 23897-970.

Telefone: 0xx21-99633.2994 (celular)

 

Rede Nacional de Laboratórios Agropecuários do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA/ MAPA)

 

Em 1996, o Magnífico Reitor da UFRRJ, através da Portaria número 730/GR, de 9 de dezembro de 1996, criou a Comissão Interna de Biossegurança (CIBIO) da UFRRJ em cumprimento ao disposto na Instrução Normativa número 1, de 5 de setembro de 1996 da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança - CTNBio/ MCT/ Assessoria de Programas Especiais com vinculação aos Laboratórios de Virologia Vegetal e Viróides (Instituto de Biologia), de Biologia do Solo (Instituto de Agronomia), de Biologia Molecular e Micoplasmologia (Instituto de Veterinária).

Em 1997, através do Processo número 01200.00574/96-71, na reunião ordinária da CTNBio, datada de 08 de maio de 1997 (Carta CTNBio 00041/97 de 16 de maio de 1997), aprova a solicitação do Certificado de Qualidade de Biossegurança (CQB-011-97) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro extensivo aos laboratórios acima referenciados (D.O.U. N° 91, Seção 3, de 15 de maio de 1997, página 10428).

Em 2001, por iniciativa do Dr. Paulo Sergio Torres Brioso, o Laboratório de Virologia de Vegetal e Viróides (Área de Fitopatologia/ DEF/ IB/ UFRRJ) foi credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análise de fungos, nematóides, procariotos, vírus e viróides (pragas quarentenárias) em produtos de origem vegetal e expedir laudo de diagnóstico fitossanitário (Portaria Nº 17, de 16 de julho de 2001 publicada no D.O.U. N° 143-E, Seção 1, de 25 de julho de 2001, página 39) em atendimento a Portaria Nº 214, 26 de novembro de 1998 (D.O.U. N° 234, Seção 1, de 07 de dezembro de 1998, página 17-18). 

Posteriormente, o Laboratório passou a ter autorização para expedir laudos oficiais de diagnóstico fitossanitário (um dos primeiros a nível nacional - Portaria nº 40, de 12 de dezembro de 2001, publicada no D.O.U. N° 246, Seção 1, de 28 de dezembro de 2001, página 72). 

Em 2002, o Laboratório passou a ser denominado de Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário da UFRRJ (Ata da 120 Reunião Extraordinária do CEPE/ UFRRJ, 20 de março de 2002) (Portaria nº 39, de 01 de outubro de 2002, publicada no D.O.U. nº 192, Seção 1, de 03 de outubro de 2002, página 9) .

Laboratório credenciado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análise de fungos, procariotos, nematóides, vírus e viróides (pragas quarentenárias) em produtos de origem vegetal e expedir laudo oficial de diagnóstico fitossanitário (Portaria nº 39, de 01 de outubro de 2002, publicada no D.O.U. nº 192, Seção 1, de 03 de outubro de 2002, página 9).

Em 2007, o Laboratório passou a integrar, a Rede Nacional de Laboratórios Agropecuários do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA/ MAPA), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em atendimento a Instrução Normativa número 1, de 16 de janeiro de 2007 (publicada no D.O.U. nº 12, Seção 1, de 17 de janeiro de 2007, página 1-3).

Em 2009, o Laboratório passou a ser credenciado para realizar análises na área de Diagnóstico Fitossanitário em amostras oriundas do controle oficial e programas específicos do MAPA (Portaria nº 33, de 05 de fevereiro de 2009, publicada no D.O.U. nº 28, Seção 1, de 10 de fevereiro de 2009, página 10).

Em 2014, o Laboratório passou a ser credenciado para realizar análises na área de Diagnóstico Fitossanitário em amostras oriundas do controle oficial e programas específicos do MAPA, Portaria: nº 287, de 20 de agosto de 2014, publicada no D.O.U: nº 160, Seção 1, de 21 de agosto de 2014, pág.: 4 ) (link).

Em 2014, o Laboratório teve aceita pela DICLA/ Inmetro a solicitação de acreditação do Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário como exigência da Instrução Normativa Número 57, de 11 de dezembro de 2013 (associada a exigência da Instrução Normativa Número 40, de 30 de agosto de 2011; Ofício Circular número 02/2014 SAC/CGAL/SDA, de 07 de janeiro de 2014; Ofício Circular número 02/2014 DIF/DEB//CGAL, de 07 de maio de 2014).

Em 2015, o Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário teve o seu escopo atualizado de forma a atender as Instruções Normativas 01, 21, 26 de 2015 (Link).

 

Histórico dos Setores do L.O.D.F.

  1. Laboratório de Bacteriologia e Fitoplasmologia
  2. Laboratório de Micologia
  3. Setor de Microscopia Eletrônica
  4. Laboratório de Nematologia
  5. Laboratório de Patologia de Sementes
  6. Laboratório de Virologia Vegetal e Viróides

 

©2005 Fitopatologia/UFRRJ | Mapa do Site | Créditos | Webmaster | Última Atualização: 03/10/2015

Text