LABORATÓRIO DE VIROLOGIA VEGETAL E VIRÓIDES (L.VV.VI.)

Página inicial do L.O.D.F. - Link

 

Retornar

 

Caixa Postal 74585, UFRRJ, BR 465, km 7, Seropédica, RJ, CEP: 23897-970.

Telefone: 0xx21-99633.2994 (celular)

 

Rede Nacional de Laboratórios Agropecuários do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA/ MAPA)

Virologia Vegetal no Rio de Janeiro

 

No endereço eletrônico https://sites.google.com/site/virologiavegetalrio/ (criado em 2014) encontramos informações relativas a Virololgia Vegetal e Viróides no Rio de Janeiro.

O Laboratório de Virologia Vegetal e Viróides (Sala 7) (Foto) ocupa uma área de 22,44 metros quadrados e está inserido no Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário da UFRRJ.

 

O Laboratório de Virologia Vegetal e Viróides analisa amostras relacionadas a Vírus e Viróides (Formulário de Solicitação de Serviço - on line).

 

O estudo de Virologia na Área de Fitopatologia/ UFRRJ foi, efetivamente, iniciado em 1934 através do Professor Catedrático Heitor Vinicius da Silveira Grillo (1934-1971) deram continuidade a este setor o Professor Verlande Duarte Silveira (1938-1972) e, a partir de 1981 até a presente data, o Dr. Paulo Sergio Torres Brioso.

 

Em 1981, o Dr. Elliot Watanabe Kitajima e o Dr. Ming Tien Lin deram um impulso a Virologia Vegetal no Estado do Rio de Janeiro através de trabalhos científicos em colaboração com docentes da Área de Fitopatologia/ UFRRJ.

Em 1987, por iniciativa do Dr. Paulo Sergio Torres Brioso e em colaboração com docentes do Programa de Pós-graduação em Genética/ Departamento de Genética da UFRJ inicia-se projeto internacional voltado para a área molecular vinculada a Virologia Vegetal. Participaram, inicialmente, deste projeto a Dra. Ana Carolina de Paula Vicente, o Dr. Eduardo Romano de Campos Pinto, o Dr. Mauro Eduardo Weyne Ferreira da Costa, a Dra. Nice Shindo, a Dra. Tânia Jacinto Freitas da Silva dentre outros. Resultando na identificação da primeira sequência genômica completa de um vírus de RNA (Andean potato mottle virus) que infecta plantas no Brasil.

Em 1997, por iniciativa do Dr. Paulo Sergio Torres Brioso, a UFRRJ recebeu o Certificado de Qualidade em Biossegurança (C.Q.B. Nº 0011-970011-97) segundo D. O. U. Nº 91, Seção 3, de 15 de maio de 97, páginas 10428-10429) do MCT/ CTNBIO.

Tal Certificado é extensivo ao Laboratório de Virologia Vegetal e Viróides vinculado a área de Fitopatologia/ DEF/ IB, para desenvolver pesquisas em regime de contenção com plantas e microrganismos do Grupo I (Nível de Biossegurança 1 - NB-1).

Em 2001, por iniciativa do Dr. Paulo Sergio Torres Brioso, o Laboratório de Virologia de Vegetal e Viróides (Área de Fitopatologia/ DEF/ IB/ UFRRJ) foi credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análise de fungos, nematóides, procariotos, vírus e viróides em produtos de origem vegetal e expedir laudo de diagnóstico fitossanitário (Portaria Nº 17, de 16 de julho de 2001 publicada no D.O.U. N° 143-E, Seção 1, de 25 de julho de 2001, página 39). 

Posteriormente, este Laboratório passou a ter autorização para expedir laudos oficiais de diagnóstico fitossanitário (um dos primeiros a nível nacional - Portaria nº 40, de 12 de dezembro de 2001, publicada no D.O.U. N° 246, Seção 1, de 28 de dezembro de 2001, página 72). 

Em 2002, este Laboratório passou a ser denominado de Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário da UFRRJ (Portaria nº 39, de 01 de outubro de 2002, publicada no D.O.U. nº 192, Seção 1, de 03 de outubro de 2002, página 9).  

Laboratório este credenciado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análise de fungos, procariotos, nematóides, vírus e viróides em produtos de origem vegetal e expedir laudo oficial de diagnóstico fitossanitário (Portaria nº 39, de 01 de outubro de 2002, publicada no D.O.U. nº 192, Seção 1, de 03 de outubro de 2002, página 9).

Em 2007, este Laboratório passou a integrar, a Rede Nacional de Laboratórios Agropecuários do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA/ MAPA), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em 2009, este Laboratório passou a ser credenciado para realizar análises na área de Diagnóstico Fitossanitário em amostras oriundas do controle oficial e programas específicos do MAPA (Portaria nº 33, de 05 de fevereiro de 2009, publicada no D.O.U. nº 28, Seção 1, de 10 de fevereiro de 2009, página 10)

Em 2014, o Laboratório passou a ser credenciado para realizar análises na área de Diagnóstico Fitossanitário em amostras oriundas do controle oficial e programas específicos do MAPA, Portaria: nº 287, de 20 de agosto de 2014, publicada no D.O.U: nº 160, Seção 1, de 21 de agosto de 2014, pág.: 4 ) (Link).

Em 2014, o Laboratório teve aceita pela DICLA/ Inmetro a solicitação de acreditação do Laboratório Oficial de Diagnóstico Fitossanitário como exigência da Instrução Normativa Número 57, de 11 de dezembro de 2013 (associada a exigência da Instrução Normativa Número 40, de 30 de agosto de 2011; Ofício Circular número 02/2014 SAC/CGAL/SDA, de 07 de janeiro de 2014; Ofício Circular número 02/2014 DIF/DEB//CGAL, de 07 de maio de 2014)

Em 2014, foi elaborado pelo Dr. Paulo Sergio Torres Brioso um site de forma a conter o máximo de informação disponível sobre a Virologia Vegetal e Viróides no Brasil, em especial, no Estado do Rio de Janeiro.

 

Outras informações disponíveis consulte o Menu ao lado.

 

©2005 Fitopatologia/UFRRJ | Mapa do Site | Créditos | Webmaster | Última Atualização: 25/04/2015

Text